Site oficial Antena 1 Sorocaba:
Rádio Online, Notícias de Sorocaba e muito mais.

Carro atingi ponto de ônibus e fere jovens

O ponto de ônibus onde os adolescentes estavam sentados ficou totalmente destruído com o impacto

Dois estudantes adolescentes ficaram gravemente feridos ontem pela manhã, na avenida Ipanema, zona norte da cidade, ao serem atropelados por um carro quando estavam sentados no ponto de ônibus, que ficou totalmente destruído. O acidente causou revolta entre populares que tentaram agredir o motorista, que segundo informações de testemunhas, estaria participando de um racha. O acusado, no entanto, se defende, e disse ter sido fechado por um motorista que estaria mesmo disputando um racha, mas que ele não estaria envolvido. O acidente aconteceu por volta de 11h20, no sentido centro-bairro da avenida, na altura do número 4.664, no bairro Recreio dos Sorocabanos. Segundo o que foi apurado pelos PMs sargento Edson e cabo Silveira, da 2ª Companhia, o motorista que provocou o atropelamento dirigia um Audi A3 prata, e teria sido fechado por um Toyota Hillux prata, batendo na guia. Com o impacto, ele teria perdido o controle de direção e atingido um poste de iluminação pública, outro de sinalização, e por fim o ponto de ônibus, onde estavam sentados os estudantes Gabrieli Ribeiro Dias Batista, de 14 anos, e Wesley Barbosa Pereira da Silva, de 17 anos.

Os dois estudantes não teriam tido tempo sequer de tentar fugir do local. Com o impacto, o ponto de ônibus ficou totalmente destruído e sua cobertura foi colocada no acesso de uma empresa ao lado. De acordo com o sargento Edson, o rapaz vitimado pelo acidente, aparentemente com ferimentos menos graves, teria dito que o motorista atropelante estaria tirando racha com a camionete Hillux. Segundo informações policiais, o estudante teria sofrido fratura de fêmur de uma das pernas, e a garota teria sofrido traumatismo craniano. As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional pelo Resgate e uma ambulância do Samu. Entretanto, as famílias não autorizaram o hospital a passar informações sobre o estado de saúde das vítimas para a imprensa. Ainda segundo o sargento que atendeu a ocorrência, foi preciso tirar o motorista do local para que ele não fosse agredido por populares, e frisou que o ele não estava embriagado e nem alterado. Em entrevista ao Cruzeiro do Sul, o motorista contou que seguia com seu Audi prata pela faixa da direita, e que a Hillux vinha pela pista do meio, quando, de repente, a camionete teria freado para não bater num carro que ia à sua frente, e que em seguida invadiu a pista do lado direito, fazendo com que ele perdesse o controle e fosse para o lado da calçada. O motorista disse ainda que a hipótese de que ele estivesse envolvido no racha pode ter sido motivada pelo fato do seu carro ser também um Audi, sendo que a Hillux estaria tirando racha com um outro Audi. Ele garantiu também que nem conhece os motoristas dos outros veículos, e que torce pela recuperação dos estudantes.

A ocorrência foi registrada com base no artigo 303 do Código de Trânsito Brasileiro, que é de “lesão corporal culposa na direção de veículo automotor”, cujas penas previstas são de detenção de seis meses a dois anos, e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. Pode-se aumentar de um terço à metade, se ocorrer suspensão ou proibição. Em virtude do acidente e da operação de resgate, que envolveu três viaturas do Corpo de Bombeiros, o tráfego de veículo na região ficou comprometido por cerca de uma hora.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

13 de outubro de 2014 por admin

Carro e van colidem em avenida

Motorista e passageiro ficaram feridos

Um homem que dirigia um Ford Escort com placas de Votorantim colidiu com uma van da empresa São João por volta das 08h15 desta quinta-feira (25). O acidente ocorreu na avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, na altura do Paço Municipal, no Alto da Boa Vista. O motorista do carro, Paulo Henrique Gomes, de 34 anos, estava usando cinto de segurança e não teve ferimentos graves, já o jovem que estava no banco do passageiro, Jonas Gabriel, de 21 anos, não usava o cinto e sofreu cortes profundos no rosto. Ambos foram resgatados pelo Samu. O homem que dirigia a van não ficou ferido.

A faixa da direita da pista sentido bairro está parada e o trânsito é lento.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

25 de setembro de 2014 por admin

Motorista de carro morre em acidente com ônibus do grupo Tihuana em MG

Músicos do Tihuana posam em frente a ônibus antes do acidente em Camanducaia (MG)

Músicos do Tihuana posam em frente a ônibus antes do acidente em Camanducaia (MG)

Um homem morreu em um acidente envolvendo o ônibus da banda de Tihuana na madrugada desta sexta-feira (19) na Rodovia Fernão Dias, perto da cidade de  Camanducaia, sul de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Rodoviária, que investiga os motivos do acidente, um Palio vermelho vinha na contramão da rodovia antes de se chocar de frente com o veículo da banda. O motorista do carro, que estava sem documetos, morreu na hora. Ele foi transferido para IML da cidade de Pouso Alegre.

Conhecido por músicas como ”Pula”,”Eu vi Gnomos” e ”Tropa de Elite”, o Tihuana seguia em direção à cidade mineira de João Monlevade, onde se apresenta nesta sexta. A agenda do grupo foi mantida.

A assessoria da banda emitiu um comunicado sobre o acidente, para tranquilizar os fãs.

NOTA OFICIAL À IMPRENSA

Vimos por meio dessa informar que o ônibus que levava a banda Tihuana para cumprir a agenda de shows do fim de semana – João Monlevade/MG (19/09) e Conselheiro Lafaiete / MG (20/09) -  sofreu um acidente nesta madrugada na Rodovia Fernão Dias, por volta das 04h da madrugada.

Toda equipe e banda estão bem e não sofreram ferimento algum.

Eles seguiam viagem  e um carro imprudentemente entrou na contramão e pegou o ônibus de frente. A equipe e a banda lamentam muito pelo ocorrido e pelo falecimento do motorista do veículo que ocasionou o acidente. A agenda de shows do fim de semana seguirá normalmente, até por uma questão de respeito aos fãs da região.

Fonte: Uol Músicas

22 de setembro de 2014 por admin

Moto e caminhão colidem na Raposo Tavares

Carga ficou espalhada na pista

Um acidente entre uma moto e um caminhão provocou congestionamento de quase duas horas, neste domingo, no trecho do quilômetro 141 da rodovia Raposo Tavares , sentido Capital. Três pessoas ficaram feridas como resultado do choque entre os veículos, dois tripulantes da motocicleta e o motorista da carreta que estava carregada de arroz a granel. Elas foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Hospital Regional de Itapetininga. Ainda não há os nomes nem informações sobre o estado de saúde das vítimas. A colisão entre os veículos ocorreu por volta das 14h20. O caminhão tombou e pegou fogo, derramando toda carga pelo acostamento e parte da pista. Algumas pessoas se aproveitaram do desastre e pegaram o produto. A polícia rodoviária interditou parte da pista e só a liberou por volta das 16h30.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

18 de agosto de 2014 por admin

Sorocabanas veem de perto as cenas da tragédia

A empresária sorocabana Juliana Casagrande, que atualmente mora em Santos, conta que sua empresa fica a três quarteirões da área em que o avião caiu. “Subi para ver se era algo que havia caído no andar de cima de onde trabalho”, disse. De acordo com Juliana, por volta das 10h, ventava e garoava forte na cidade. Ela cita ainda que o trânsito ficou complicado nas imediações da rua Vahia de Abreu, pois além de interdições por conta da fatalidade, obras de recapeamento estavam sendo feitas na avenida Dr. Washington Luiz, próxima ao local da queda da aeronave.

Segundo a estudante Aline Rocha, que se mudou de Sorocaba para Santos há seis anos, o hospital no qual faz estágio fica a quase três quilômetros do lugar do acidente e, por isso, de imediato, não imaginou o que tinha ocorrido. “Não ouvi barulho e nem explosões, jamais imaginava que fosse uma queda de avião”, relata.

Estrondo

“Estava dormindo e, de repente, ouvi o avião passando bem em cima do meu prédio. Eu até acordei, pois o barulho foi enorme. Logo depois os moradores já saíram para ver o que tinha acontecido.” Este é o relato da estudante Sophia Villioti, 19 anos, cuja família é de São Roque. Ela mora na rua Alexandre Herculano, a aproximadamente 400 metros da rua Vahia de Abreu, no bairro Boqueirão, em Santos, local onde o avião Cessna em que estava o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, caiu. A estudante conta que, naquela região, a maioria dos edifícios são relativamente baixos e, por isso, os moradores de seu condomínio puderam ouvir um grande estrondo durante a queda da aeronave. “Uma vizinha me disse que o avião já estava pegando fogo antes de cair”, completa. Sophia diz que no momento em que o Cessna sobrevoou o seu prédio, vários vidros quebraram e um tremor foi sentido.

Tristeza

Conforme a empresária Juliana Casagrande, Santos ficou de luto. Ela argumenta que, na cidade, após a queda da aeronave em que Campos estava, o semblante da população era de aparente tristeza. “Foi o assunto do dia aqui, assim como em todo o Brasil”, lembra. Para Juliana, o episódio é triste não só por se tratar da morte de um candidato à Presidência da República. “Mais pessoas se envolveram e, por mais que ele (Eduardo) seja uma figura pública, sempre devemos pensar que por trás dele existe uma família, assim como os outros ocupantes do avião também devem ter”, completa.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

14 de agosto de 2014 por admin

Marianne Faithfull diz que ex-namorado matou Jim Morrison por acidente

A cantora Marianne Faithfull
A cantora Marianne Faithfull

A cantora inglesa Marianne Faithful revelou que seu ex-namorado, o traficante de drogas Jean de Breiteuil, “matou por acidente” o líder do The Doors, Jim Morrison, informou nesta quarta-feira (6) a revista musical “Mojo”. Em entrevista à publicação, a cantora e atriz, que lançará um novo álbum no final de setembro, se mostra disposta a confirmar uma das muitas versões que circulam sobre a morte de Morrison, ocorrida em Paris no dia 3 de julho de 1971, quando ele tinha 27 anos de idade.

Na ocasião, o relatório médico apontou que o cantor americano havia morrido por causa de uma parada cardíaca, agravado pelo abuso de álcool, embora as autoridades francesas não tenham realizado uma autópsia por não considerar que a morte estivesse relacionada a uma causa violenta. No entanto, muitos sustentaram que Morrison sofreu uma overdose de heroína fornecida por Breiteuil, companheiro sentimental de Faithfull na época e que era conhecido como “traficante de famosos”.

O casal passava o verão em um hotel parisiense, e Breiteuil foi ao encontro do líder dos The Doors em seu apartamento, situado na Rua Beautreillis, enquanto Faithfull preferiu ficar no quarto porque “teve a intuição de que poderia ter problemas”. ”Pensei, ‘vou tomar um pouco de Tuinal (barbitúricos) e não vou ir lá’. E ele (Breiteuil) foi encontrar Jim Morrison e o matou. O que quero dizer é que tenho certeza de que foi um acidente”, declarou a artista, também ex-namorada do líder dos Rolling Stones, Mick Jagger.

“Pobre bastardo. Foi que a ‘dose’ era forte demais? Sim. E morreu. E eu não sabia nada sobre isto. De todas as maneiras, todo mundo relacionado com a morte deste pobre menino já está morto. Exceto eu”, acrescentou Faithfull, de 67 anos. Segundo suas declarações à “Mojo”, essa confissão 43 anos depois é uma consequência das “incríveis perguntas” feitas pelos jornalistas no momento em que ela seguia para Londres para “fazer promoção” de seu novo álbum.

“Não gosto de Londres (…) A última vez que estive aqui um jornalista perguntou exatamente por que eu havia matado Jim Morrison”, contou Faithfull. ”Decidi levar ele a sério e contar exatamente o que ocorreu e por que eu não matei Jim Morrison. Embora soubesse quem havia feito”. O novo álbum de Marianne Faithfull, “Give My Love to London”, será lançado no dia 29 de setembro e conta com a colaboração de artistas como Nick Cave, Roger Waters e Anna Calvi, entre outros. Após o lançamento deste novo álbum, a cantora, compositora e atriz deverá realizar uma turnê mundial para celebrar 50 anos de carreira.

Fonte: Uol Músicas

7 de agosto de 2014 por admin

Mulher perde o controle da direção e bate em poste

Uma mulher que dirigia um Fiat Uno se acidentou na manhã desta segunda-feira, por volta das 7h20, na avenida Fernando Stecca, após perder o controle da direção e atingir um poste. Segundo pessoas que dirigiam atrás da motorista, ela saiu da pista e invadiu o canteiro central da avenida, sem atingir nenhum outro veículo. O carro ficou totalmente destruído, porém a vítima teve apenas ferimentos leves e foi encaminhada ao Hospital Regional de Sorocaba. O trânsito na avenida Fernando Stecca flui normalmente.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

14 de julho de 2014 por admin

Acidente mata um na Gen. Carneiro

O analista de infraestrutura Victor Murilo Nunes, 30 anos de idade, morreu ontem pela manhã após colidir seu carro contra uma árvore no canteiro central da avenida General Carneiro, no Cerrado. Ele estaria acompanhado de um amigo, que por sofrer lesões corporais sem gravidade, optou por não ser atendido e não foi identificado no registro policial. O velocímetro do carro ficou travado em 120 km/h.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no Plantão Sul, o acidente aconteceu às 5h55, na pista de sentido bairro-centro, em frente ao numeral 2.243, nas proximidades da garagem da Viação Cometa. Victor perdeu o controle do seu carro, um Honda Fit, e tamanho o impacto contra a árvore que o motorista foi lançado para fora do veículo. Sua morte foi constatada ainda no local do acidente, pelo médico Rossano Gomes, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O Samu também confirmou a presença de um passageiro no Honda Fit e sua identificação seria repassada hoje para a polícia pela central do serviço médico. O delegado Pedro Dalboni, no plantão sul, admitiu a velocidade marcada no velocímetro do carro, mas frisou que somente o resultado da perícia feita pela Polícia Científica no automóvel é que constatará se era essa a velocidade do carro no momento do choque, ou se com a força do impacto o aparelho sofreu alteração.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

por admin

Acidente com ônibus da dupla Marcos e Belutti mata integrante da banda

Belutti fala sobre acidente com integrantes da banda, numa rodovia de Mato GrossoBelutti fala sobre acidente com integrantes da banda, numa rodovia de Mato Grosso

Um acidente com ônibus da dupla Marcos e Belutti, ocorrido no KM 694 da Serra do Mangaval, em Mato Grosso, na madrugada deste domingo (15), matou o baixista da banda. Rafael Sales, de 31 anos e que acabara de se casar, morreu no local. A banda havia feito um show na Feira Internacional de Pesca Esportiva (FIPe 2014), em Cáceres (MT). Marcos, Belutti e outro integrante, retornariam de avião, e o restante da banda iria de ônibus para São Paulo. Segundo informações, o ônibus da banda deslizou e saiu da pista por volta das 5h da manhã. Nove pessoas ficaram feridas e todas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Cáceres.

“Tinha óleo na pista e um caminhão na frente”, resumiu Belutti. “Rafa era um irmão da gente. Estamos em choque ainda e nós vamos tomar todas as medidas para ajudar a todos que estão envolvidos neste acidente”, acrescentou o cantor, em entrevista ao “Domingo Show”, da Record. Emocionado, Belutti prosseguiu. “Está todo mundo um pouco machucado, mas liberado. Infelizmente, não somos Deus para poupar a vida de alguém”, finalizou. Em nota, organizadores da FIPe2014 lamentaram o acidente e o falecimento de Sales. “Ficamos em preces pela recuperação de todos os envolvidos no acidente”, disse o comunicado.

Fonte: Uol Músicas

16 de junho de 2014 por admin

Filho de Erasmo tem morte cerebral, diz banda; assessoria do cantor nega

O músico Alexandre Pessoal, de 40 anos, filho de Erasmo Carlos, teve morte cerebral nesta terça-feira (13), de acordo com informações fornecidas ao UOL pelos integrantes do bloco de pagode Fica Comigo, do qual ele era vocalista. Já a assessoria de imprensa do músico nega a informação e diz apenas que o estado de Alexandre é muito grave. Por volta da 1h30 desta quarta-feira (14), o produtor musical DiAndré Henrique, amigo de Alexandre, informou a reportagem que ouviu dos médicos que “há um fio de esperança”. Alexandre, também conhecido como Gugu, estava em coma induzido no hospital Barra D’Or, no Rio de Janeiro, desde quarta (7), dia do acidente.

Na página oficial da banda no Facebook, os integrantes do Fica Comigo informaram por volta das 18h30 desta terça que já aguardavam por más notícias. “Infelizmente, estamos aguardando o pior. Se ele tiver que ir, pelo menos, sabemos que ele irá em paz. Desculpem não dar mais detalhes, mas também não sabemos. Estamos a caminho do hospital e de lá daremos maiores informações”, dizia o texto. No entanto, segundo um boletim médico emitido pelo hospital nesta terça, sem horário, o quadro do músico é “gravíssimo” e os sinais vitais são mantidos “à base de aminas vasoativas”, que são medicamentos usados para regular a frequência cardíaca e o volume sistólico. Ainda de acordo com o informativo, esta manhã houve aumento da pressão intracraniana, seguida de alterações nas pupilas. Uma tomografia revelou hemorragia cerebral difusa, obstrução do quarto ventrículo e hidrocefalia. Alexandre foi submetido a procedimentos para drenagem de líquidos do crânio. Alexandre foi internado no dia 7 com traumatismo cranioencefálico grave e torácico secundário. Ele chegou sob efeito de sedativos, intubado, respirando por aparelhos e com dreno no tórax.

Nesta segunda-feira, Gugu apresentou melhoras, de acordo com boletim médico divulgado pela assessoria de Erasmo Carlos. Nas redes sociais, o cantor comemorou a recuperação do filho. “‘Fé na vida , fé no homem, fé no que virá’, já dizia Gonzaguinha. Pequenos sinais de melhora no quadro geral do meu filho Alexandre!”, escreveu no Twitter. No sábado, Erasmo Carlos já havia avisado os fãs sobre o acidente. “Meu filho Alexandre Pessoal sofreu um grave acidente de moto. Está em coma induzido e seu estado é estável. Pensamento positivo sempre. Força meu filho, seu pai estará sempre com você”, escreveu ele no Twitter. Erasmo Carlos tem show agendado para o próximo sábado (17) no HSBC Brasil, em São Paulo, para lançar o álbum “Gigante Gentil”. A casa ainda não sabe se a apresentação será mantida.

Fonte: Uol Músicas

14 de maio de 2014 por admin
Av Eugênio Bernardi, 534 • Parque Bela Vista • Votorantim - SP
15 3243.3540
Simdigital Criação de Sites